Erros comuns com OKR

O uso de OKR vem crescendo a cada dia que se passa, tornando-se uma ferramenta essencial para as empresas que desejam administrar suas metas e atingi-las com mais facilidade.

No entanto, muitas companhias ainda estão em processo de conhecer o sistema e esse momento pode acabar sendo marcado por diversas confusões e decisões não tão assertivas.

Pensando nisso, preparamos um conteúdo completo sobre os erros comuns com OKR que precisam ser considerados neste início de ciclo.

O que é OKR?

Antes de qualquer coisa, é muito importante que você saiba o que é o OKR.

O OKR, Objectives and Key Results, é um sistema de gestão utilizado pelas companhias hoje em dia.

Em forma resumida e simplificada, é possível dizer que esta é uma fórmula ideal para definir as metas de um negócio da maneira mais clara possível para todos os envolvidos naquele processo.

Tais objetivos podem ser alcançados de forma individual ou então coletiva.

Como o OKR funciona?

Para que a metodologia OKR tenha êxito no seu negócio, será necessário estabelecer metas e objetivos claros e ambiciosos à curto prazo, pois eles serão mensurados periodicamente.

Após um tempo depois do surgimento do método, uma fórmula foi criada para ajudar o Google a estabelecer metas e ela é:

Eu vou (Objectives) medido por (Key Results)

De forma mais detalhada, uma boa meta deve indicar o que a empresa irá realizar e a maneira como ela irá medir a sua conquista.

Com isso, as empresas passaram a se espelhar nesta fórmula, encontrando um novo jeito de alcançar os seus objetivos.

Principais erros ao definir o OKR

Agora que você já sabe o que é OKR e como ele funciona, veja a seguir quais são os principais erros que podem ser cometidos no momento de defini-lo:

Confundir a descrição de objetivos com os resultados-chave

Eles são itens distintos e, por conta disso, precisam ser feitos de maneiras diferentes.

Isso porque enquanto os objetivos representam as metas descritas de forma inspiradora, os resultados-chave são as entregas mensuráveis, que devem ser realizadas para que os objetivos sejam alcançados.

Atente-se ás quantidades

É muito importante selecionar apenas as prioridades ao estabelecer os objetivos que você deseja alcançar.

Neste ponto, não é a quantidade que importa e sim, as principais necessidades que a sua empresa possui no momento.

Esqueça o modelo cascata

Por fazer parte das metodologias ágeis, o OKR não segue o modelo de cascata, ou seja, aguardar um resultado ser alcançado para iniciar outro.

Pouco acompanhamento

O monitoramento de todos os passos do OKR é tão importante quanto qualquer outro quesito definido antes.

Isso porque com ele você terá noção se os processos estão feitos da maneira correta e se existe chances de alcançar os objetivos traçados.

Contrate os softwares de OKR da Colorkrew

Se você deseja ter um software de OKR de qualidade em sua empresa, então, acesse o site da Colorkrew.

Nele você poderá contratar a ferramenta, além de contar com o auxilio da nossa equipe de especialistas para tirar todas as suas possíveis dúvidas.

Entre em contato conosco e solicite um teste grátis de 30 dias.

%d blogueiros gostam disto: